space
Nesta Seção: Tipos de Aplicações Financeiras
Voltar para:

    seta  Índices Econômicos (Conceitos)
seta  ICV (DIEESE)
seta  IGP-DI (FGV)
seta  IGP-M (FGV)
seta  INCC (FGV)
seta  INPC (IBGE)
seta  IPC (FIPE)
seta  IPC (FGV)
seta  IPCA (IBGE)
seta  Salário Mínimo (Série Histórica)
seta  Salário Mínimo Regional (Série)
seta  Poupança (Série Histórica)
space
NOÇÕES BÁSICAS SOBRE APLICAÇÕES FINANCEIRAS
Modalidades Principais
Atualizado em: 12/Nov/2015
O que são investimentos?
Quando você faz um investimento, está aplicando seu dinheiro em uma empresa ou em um empreendimento, na esperança de que esses serão bem-sucedidos e lhe retornarão mais dinheiro ainda (terão boa valorização).
Tipos de aplicação financeira disponíveis no mercado?
As aplicações mais comuns no mercado financeiro são a Poupança, o Certificado de Depósito Bancário (CDB), o Recibo de Depósito Bancário (RDB) e os Fundos de Investimento. Além dessas, também são aplicações, embora menos populares, o investimento em ações, debentures e em títulos do tesouro nacional. Deixamos de abordar outros tipos como: certificados de investimento audiovisual, imóveis, etc.
 
Existem riscos nessas aplicações financeiras?
Toda aplicação financeira está sujeita a riscos. Para reduzi-los, deve-se procurar informações sobre o tipo de aplicação, sobre a instituição financeira e sobre as variáveis econômicas que podem influenciar o resultado esperado. Geralmente os rendimentos são maiores nas aplicações de maior risco. Algumas aplicações são parcialmente garantidas pelo Fundo Garantidor de Créditos - FGC.
Se você está interessado em conhecer um pouco sobre o assunto, sobre os termos empregados pelo mercado, navegue pelos links abaixo.
space